Os três condenados repassaram detalhes técnicos do iPad2 a rivais da Apple iPad 2: segredos entregues aos rivais renderam prisão aos envolvidos (Simin Wang/AFP) A corte de Shenzen, na China, condenou, nesta quinta-feira, Xiao Chengsong, Lin Kecheng e Hou Pengna a 18, 14 e 12 meses de prisão, respectivamente, por repassar dados sigilosos sobre a fabricação do iPad a empresas competidoras. Eles eram funcionários da Hon Hai...

Leia Mais